Com o novo cenário mundial, devido a pandemia do coronavírus, a startup Zoom, que oferece chamadas de vídeo pela internet, parece ter tirado a sorte grande. Suas ações já subiram 160% em 2020, indo de US$ 68 para perto de US$ 175 em menos de cinco meses.

Com isso, o valor de mercado da empresa (preço de cada ação multiplicado pela quantidade de papéis) está atualmente em cerca de US$ 49 bilhões. E já esteve maior nas últimas semanas. A cifra representa quase tudo o que valem, juntas, as sete maiores companhias aéreas do mundo: Southwest, Delta, United, American Airlines, IAG, Lufthansa e AirFrance KLM — ao todo, US$ 50,6 bilhões. Vale ressaltar que as companhias aéreas sempre foram empresas muito lucrativas, mas que foram fortemente prejudicadas pela crise do coronavírus, que reduziu drasticamente a circulação global de pessoas e, consequentemente, o número de voos, o que derrubou os preços das ações do setor.

Um artigo recentemente publicado pelo site The Motley Fool aponta que em breve o Zoom pode passar a integrar o índice americano S&P 500, com as 500 maiores empresas listadas na Bolsa de Nova York.

Veja mais na matéria da InfoMoney por Anderson Figo – 20 maio 2020 – @infomoney

Menu